quinta-feira, 30 de junho de 2016

Um curso muito louco!




- Sim, pode se sentar. Então, estamos abrindo uma vaga para filósofo aqui na Fundação para nos ajudar a compreender a complexa realidade do país e do mundo hoje em dia, e queremos alguém com um perfil mais conservador. Onde você estudou?

- Na realidade, eu não terminei o curso ainda.

- Isso não é problema. E onde você estuda?

- Eu estou fazendo o Curso Online de Filosofia do Prof. Olavo de Carvalho. O Sr. conhece?

- Ah, sim... Conheço... Mas diga, em que ano você está?

- No 7º ano. Fui um dos primeiros alunos. Comecei em 14 de março de 2009, o dia em que foi inaugurado.

- Poxa! O curso lá é longo, hein! E quando você espera terminar?

- Olha, não tem previsão. Ele falava em formar uma elite cultural sem igual no país em uns 5 anos quando começou, mas eu já tinha até me esquecido.

- OK. Eu ouvi falar disso. Vocês até assinaram um contrato leonino* se comprometendo a pagar o curso por esse período. Mas como são essas aulas?

- Ele fala muito sobre a situação do país, critica a esquerda, se defende dos ataques dos que o criticam, enfim... É bem estilo conservador, como vocês estão procurando...

- Imagino que sim... E em termos de conteúdo filosófico? Pergunto isso porque lembro de um artigo em que ele diz que 7 anos foi exatamente o período que ele levou para ler os clássicos recomendados por Mortimer Adler, e ele ainda diz que esses clássicos são essenciais para se obter a alta cultura. Como ele sempre diz que o COF irá resgatar a alta cultura no país, suponho então que vocês devem ter uma enorme exigência de leitura semanal. Nesses 7 anos vocês leram e discutiram todos os clássicos recomendados pelo Adler, não?

- Não exatamente. Mas eu li as atas do Foro de São Paulo!

- Interessante isso... É um curso de filosofia deveras diferente esse. O curioso é que eu já entrevistei outros candidatos com o COF no currículo, mas nenhum deles terminou o curso, apesar de muitos terem desistido e optado por fazer um curso mais, digamos, "tradicional", para não usar o termo "conservador". A propósito, eu não lembro de ninguém de destaque na chamada "nova direita" nacional que tenha sido ou seja aluno dele.

- É que vocês não entendem que tem que ter paciência, que, como o Professor Olavo garantiu, esse curso vai transformar o futuro do Brasil formando uma elite cultural e...

- Mas então o curso não é conservador!

- Como assim?! O conservadorismo no Brasil deve tudo ao Professor! Como ele disse uma vez no Facebook, no futuro seremos todos olavettes ou idiotas**.

- O "Futuro pertence a nós" é um verso do hino da Juventude Hitlerista. É a essência da mentalidade revolucionária. Um conservador fala em nome da experiência passada acumulada no presente. O revolucionário fala em nome de um futuro hipotético cuja autoridade de tribunal de última instância ele acredita representar no presente, mesmo quando nada sabe desse futuro e não consegue descrevê-lo senão por meio de louvores genéricos a algo que ele não tem a menor idéia do que seja. É a mistura de uma presunção psicótica e irresponsabilidade criminosa.

- Não, o futuro não pertence aos nazistas. Pertence às olavettes. Isso que o Sr. falou agora é besteira! O Sr. é igual ao Reinaldo Azevedo, se fingindo de conservador mas não passa de um petralha!!

- Na realidade, o que eu acabei de dizer não é meu. Eu estava lendo aqui no meu laptop, de um artigo do próprio Olavo em 2011. Está no site dele!

- Mentira! O Sr. deve estar louco...

- Olha, eu admito que eu já cheguei a tomar anti-depressivos por algum tempo, até que finalmente o meu psiquiatra me deu alta. Mas tenha cuidado, rapaz, pois tem muito louco fugido do hospício se passando por filósofo por aí***...


--X--X--


*O periodo de 5 anos é confirmado em duas fontes do próprio Olavo:

1. Nos primeiros 10 segundos do vídeo em que ele apresenta o Seminário de Filosofia:



2. Na mensagem escrita por ele, em 2009, sobre a desistência de uma aluna, que documenta a presença de uma ilegal cláusula leonina no contrato dos alunos. É bom lembrar que essa ameaça de processá-la se assemelha ao que ele acusa a tariqa de Frithjof Schuon de fazer quando um membro decide abandoná-la por qualquer razão.


**Antes que ele apague o post:


*** Da entrevista do falecido jornalista Renato Pompeu ao extinto site Enxurrada, destaco esse trecho:


E finalmente o Olavo de Carvalho, que foi meu colega de internamento no hospital psiquiátrico, quando saiu do hospital, sem alta por sinal, saiu com alta a pedido porque os médicos não queriam deixar ele sair, virou o guru dos astrólogos aqui em São Paulo, começou a se envolver com seitas religiosas, vivia de explorar mulheres, teve sete, e faz mais de 30 anos que não trabalha. Então começou a se envolver com seitas barra pesada, deu uma entrevista na última página da antiga Folha da Tarde dizendo que estavam querendo matá-lo, porque na verdade ele estava numa seita que era uma quadrilha, discutiram lá por causa da partilha do saque e ameaçaram de morte. Como era conhecido como astrólogo, deu essa entrevista como se não tivesse nada a ver, dizendo que tinha descoberto coisas dessa seita e aí sumiu, desapareceu. Ninguém mais ouviu falar dele até que uns 15 anos depois ele aparece como filósofo no Rio criticando os intelectuais de esquerda por defenderem trombadinhas, metendo o pau nos que não permitem a liberdade de expressão dos racistas. E ele se defende porque foi casado com uma negra e tem um filho mestiço: "Como é que posso ser racista, mas eu acho que eles têm direito de se expressar." 

16 comentários:

  1. Isso se chama Platonismo. Só que o Platão era um picareta mais qualificado.

    ResponderEliminar
  2. Quando vocês vão voltar a fazer vídeos para desmascarar esse ser ?

    ResponderEliminar
  3. Em relação ao artigo Olavu vai dizer:
    - eles criaram um espantalho
    - Não deveriam ver contradições + o todo
    Ou
    Filhos da puta, safados, cu, rola, safadas, cornos, filhos da puta, pÔÔÔrrraaaaa meuuu ô lôkÔ. Depois olavu vai dizer que treinou palavrões ao estilo barroco e ainda invocará o Santo Chê quando diz que tudo não passa de um método pedagógico pois se deve endurecer sim mas com ternura e depois olavu vai chamar a sua padroeira a inquisição santinha. Tudo com a anuência e benção do Pe. Paulo Ricardo.
    Curiosidades:
    1. Quando vc lê um olavette alto cultural escrever oxalá! É pq o garoto já saiu do pedantismo e entrou na baitolagem de cabeça...
    2. “nunca cuspa naquele que te comeu” todo os dias o Olavu da demonstração explícita disso. Na última olavus disse o cara não deu 10 dólares p/ ele.
    3. Jô Blavasky ta todo todo badalado faz até filmagens curtas naturais estilo punky a levada da breca andando pelas ruas + é original ainda mais se for com cromo (ai ai mona)...a arte pela arte...o que não da para entender é a fixação freudiana do cigarro que jô blavasky têm...porra... olavus fuma toda hora será que em nenhuma das 70 mil visitas ao olavus jô blavasky com sua tara por cigarros não conseguiu captar com o filme cromo(o cromo é claro) uma foto do olavu fumando ou acendendo um cigarro naturalmente?
    Cabe somente a teosofia responder o pq que no poster 1 olavus parece estar acendendo um cachimbo de crack (com cromo o cromo é claro) e no poster 2 estilo meio pintura(com cromo é claro, o cromo...o cromo.. o cromo) a porra da fumaça parece ser feita pelo pincelzinho manual do paint brush...que porra é essa jô blavasky ??? é cinema novo???? É a merda do glauber rocha???? É o ocultismo???? Ou é o filme cromo, o cromo, o cromo ô filme cromo...?
    Pra finalizar jô blavasky tira uma foto sua e do olavus sendo o próprio jô blavasky que não fuma posa com um cigarro NÃO ACESO....que porrrraaaaa é essa????? Deve ser muita teosofia ou cromo na cabeça....
    *lembrem-se se eu escrevi algum palavrão não foi por acaso. Eu treinei em estilo barroco e o próprio pe. Paulo Ricardo abençoou tudo...
    Obs: não é interessante a rockixiani cuidar do caixa $$$$ da tariqa de schoun?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. cara vc sabe responder pq que no teaser 2 a casa do olavo de carvalho esta escura? no primeiro momento pensei que era falta de energia...
      De novo olavo vem com perseguição...agora do FBI...

      Eliminar
    2. Pq o Olavo de Carvalho esta falando e tem o barulho de um trem? com toda tecnologia não conseguem tirar isso não?

      Eliminar
  4. Ficou divertido e não deixa de ter boas doses de parcela de verdade no que foi posto e descrito aqui. O seu Olavo L. P. de Carvalho, campineiro e brasileiro modernista e gnóstico, astrólogo passando a se autodenominar "filósofo" após delimitar o tal "COF" a 5 anos passou a alguns anos depois a delimitar o COF a 10, 20 anos - no círculo restrito ele afirma isso - tomando como pretexto e subterfúgio o tempo que o real Filósofo Aristóteles mais ou menos aprendeu na escola Platônica, como se Olavo fosse "Platão". É de rir-se. Mas, acontece que a escola pagã era restrita a poucos; o mundo teve o Advento do Verbo Divino, NSJC, o Cristianismo e a Igreja de Cristo difundiram com o 'ide e ensinai' a verdade do santo evangelhou e mudou-se a questão de aquisição de saber e cultura e conhecimento sendo para todos e não para círculos restritos e pagos com dinheiro sob dinheiro. Mas, para esses "filósofos" isso não tem a mais mínima importância nem a Filosofia do Bem aventurado S. Tomás de Aquino que aperfeiçou, elevou e superou a Filosofia antiga ao seu patamar justo na Verdade. Eu "profetizo" a "escola" olavética não tem perenidade e não sobrevive no tempo, não tem duração na Verdade, é uma "escola" tendente ao fracasso apesar de cingir-se de algumas pequenas verdades postas para captar ingênuos e inocentes; o mesmo Olavo admite se o sujeito chegar as aulas dele inocente e ingênuo tanto melhor porque não vem com preconceitos e acusações e blábláblá.

    ResponderEliminar
  5. já falei várias vezes que o COF é o lugar da catarse do Olavo de Carvalho em substituição ao true outspeak.
    aí o olavo fala que não..não é isso lá mostramos o verdadeiro método filosófico...
    quando vc vê ele só esta lendo os próprios artigos...pôta q pariu

    ResponderEliminar
  6. eu não entendo pq que o olavo fala para ler os livros dele...é tudo corti coli schopenhauer

    ResponderEliminar
  7. Quando olavón cu de ursón tinha a carteirinha da tariqa de schoun e fazia parte do grupo de risco...desenvolveu um fetiche por vaporetos...safadinho...
    Quando se perdia no ibirapuera e travava grandes aventuras olavón cu de ursón levantava as mãos para o alto e cantava:
    “Sou Tariqueiroooo
    tô solteiro
    quero mais oqueeeee...”

    ResponderEliminar
  8. Tenho um sobrinho que é fanático por esse "professor". Na verdade esse meu parente é um desocupado com sérios problemas mentais e nunca trabalhou. Há pouco tempo descobri que ele fez tratamento psiquiátrico por um longo período. Não melhorou nada, por sinal até piorou. Enquanto tinha um pouco de dinheiro (herança) foi levando a vida. Agora que acabou foi viver na casa da minha irmã aposentada. Se alguém quiser arrumar uma treta com ele é falar qualquer coisa contra o velho Olavo. Garanto que ele paga (não sei como) esse "curso" chamado de COF e está ficando cada vez mais aloprado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma história típica.

      Esqueceste de falar dos outros tipos de seguidor, como o neo-nazista fora de moda que adere a um grupo para dar vazão a suas frustrações recalcadas, e o fanático recalcado que não "pega" ninguém. As coisas não lhes saem simplesmente bem na vida e acabar por encontrar esse novo viés proto-ditador, renegados que são na sociedade normal.

      O próprio Olavo era um coitado e coitado o foi por toda sua vida, rejeitado por tudo e todos tendo enlouquecido e internato num hospício. O MAGO aprendeu macumba com seu professor argentino e passou a dar golpes em seitas de magia sexual apenas para satisfazer suas necessidades renegadas pela vida no decorrer de anos e anos de frustrações.

      Não demorou muito o MAGO começou a experimentar algumas novidades...

      Hoje o projeto de Hitler posta em sua fanpage que durante sua juventude era cobiçado e badalado, fazendo ode a suas proezas sexuais e macheza. Quem não conhece que te compre meu machão da Virgínia.

      Eliminar
    2. Perfeito. O perfil típico do seguidor ou aluno do Olavo é o do anti-social frustrado, que nunca conseguiu conquistar nada de relevante na vida (seja profissional, financeira, intelectual ou socialmente) e vê na seita olavética uma chance de se sobressair em alguma coisa. O bruxo da Virgínia faz com que essas pobres criaturas acreditem ser parte de uma seleta elite intelectual e em troca, cobra-lhes uma "modesta" taxa de 90 reais por mês.

      O próprio Olavo é um picareta que nunca teve um emprego de verdade na vida, no máximo trabalhou meio horário em algumas redações de jornal. Antes de criar o COF ele se dizia "colunista" de jornal, como se isso pudesse ser considerado um emprego. Depois ele descobriu um filão no tal curso online e usou o True Outspeak como uma forma de atrair novos "alunos". Quando percebeu que já não precisava mais do TO para conseguir adeptos dispostos a desembolsar 90 reais por mês, decidiu extinguí-lo para se dedicar totalmente ao COF.

      Alguém já perguntou ao Olavo se ele se arrepende ou se envergonha de ter usado a astrologia como um meio de vida? Há uma reportagem da Veja que até diz que ele cobrava caro pelas consultas astrológicas.

      Eu também desconfio que boa parte das histórias que o Olavo conta da sua juventude não passam de invencionice. Assim como os seus próprios alunos, ele também é um frustrado que nunca conseguiu sequer um emprego decente na vida. As críticas que ele faz às universidades e diplomas não passam de um reflexo da frustração de nunca ter conseguido fazer carreira na academia. Se ele fosse tão bom quanto diz que é, ele teria ao menos estudado em alguma universidade de ponta na Europa ou na América do Norte. E estaria lecionando lá também, ao invés de convencer brasileiros trouxas a pagá-lo para ter acesso a alguns vídeos e apostilas na internet. No entanto, o fato é que nem inglês ele sabe falar direito. Francamente, a cultura que ele diz que tem é incompatível com um inglês tão medíocre.

      Eliminar
    3. Eu acho que o Olavo além de ser uma pessoa frustrada e complexada, é uma pessoa totalmente perversa.

      Eliminar
  9. "O que aconteceu no Rock in Rio é a imagem viva da esquizofrenia nacional. O sujeito se veste de americano, pula e dança o dia inteiro ao som da música americana e, quando vê na tela a bandeira dos Estados Unidos, se inflama de brios patrióticos e brada contra o colonialismo cultural. Depois continua pulando – e joga latas de protesto na cabeça de Carlinhos Brown quando ele quer estragar o festival de americanidade tocando música baiana." (...) "E ainda dizem que o doido sou eu."

    Fonte: O rock do brasileiro doido. Olavo de Carvalho. Revista Época, 3 de fevereiro de 2001. Disponível em: http://www.olavodecarvalho.org/semana/doido.htm

    ResponderEliminar
  10. chora esquerdalha kkk muito divertido ver voces tentando falar mal do olavo aqui , imagina eu fazer isso com o lulaladrão ou a dilmaretardada ?? ia faltar caracteres para falar tanta merda

    ResponderEliminar
  11. O "filósofo"(todo incompetente e provavelmente esquerdista usa aspas pejorativas para se referir a Olavo)
    deu palestras para os maiores filósofos da Romênia,
    é admirado pelos maiores escritores brasileiros, deu palestras em Harvard e na academia militar de West Point,
    tem um visto de entrada nos EUA que só é concedido a estrangeiros dotados de alta capacidade, escreveu dezesseis livros,
    desenvolveu a teoria dos quatro discursos
    (uma dos mais profundos trabalhos já realizados sobre a obra de Aristóteles),
    desenvolveu a teoria do intuicionismo radical, enfim, fez o que um haterzinho como você não faria em mil vidas somadas.
    Sua máxima capacidade cognitiva consiste em xingar um homem cujo intelecto está acima do seu alguns anos-luz, mas, fazer o
    queê,né?
    Continue com sua raivinha.
    Quando o Olavo morrer,será lembrado por muitas gerações;
    quando você morrer,nem as baratas
    da sua casa vão sentir sua falta.

    ResponderEliminar